Marco Ribeiro


Por curiosidade fui conhecer a vida e a obra de Marco Ribeiro, dublador brasileiro cuja voz conhecemos e admiramos e às vzs a gente pensa que combina até mais que a do próprio ator estrangeiro, mas  achei interessante a sua postura mais baseada nas críticas que recebe do povo "cristão" quando ele dubla um personagem "não condizente com a "moral cristã" do que com a sua própria pois ele mesmo diz em outras entrevistas que ele nada tem contra o povo gay, mas creio que ele foi sincero quando ele afirmou "não se sentir à vontade em realizar este trabalho",aí sim,em neste momento eu concordo com ele quando ele não faz algo pensando na opinião dos outros mas sim quando ele não se sente bem.

Eu aprendi – e ainda estou aprendendo –  a amar as pessoas como elas são sem pensar em mudá-las e quando parei de ser crítica e a aceitar como elas são eu passei a ser mais feliz em meus relacionamentos sabendo que Deus ama o ser humano, a sua essência em si, e as suas decisões ao longo de sua vida só devem ser de conta de cada um e cada um com a sua fé em Deus. Em tudo o que a gente faz, bem ou não,de agrado dos outros ou não a gente deve fazer bem feito, com carinho, capricho, o resultado deve ser bom para ambos pois se assim não for não valerá a pena… e talvez no final, ninguém aprecie ou seja beneficiado…e tudo será perda de energia desnecessária!

Tem aquele versículo na Bíblia que nos diz para amarmos o próximo como a nós mesmos, mas eu pergunto: como amarei ao meu próximo,tipo,fazer o seu bem,aceita-lo como ele é, procurar o seu melhor se eu ainda posso não me amar o suficiente e o fazer tudo isto antes por mim?

Claudia
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Marco Ribeiro
Marco Antônio Ribeiro da Silva

Nacionalidade
brasileiro

Ocupação
Dublador e diretor de dublagem

Principais trabalhos
Stanley Ipkiss em O Máskara
Robert Langdon em O Código Da Vinci
Woody em Toy Story

Marco Antônio Ribeiro da Silva é um dublador brasileiro. É conhecido por seus trabalhos de dublagem de filmes americanos, como a maioria dos filmes de Jim Carrey e Tom Hanks e em algumas séries animadas como Raphael em Tartarugas Ninja e Stanley Ipkiss em O Máskara. Por ser pastor evangélico, recusou-se a dublar o ator Sean Penn no filme "Milk- A Voz da Igualdade".(1)

Índice

[esconder]

[editar] Biografia

Marco Ribeiro nasceu em lar evangélico numa família de pastores e
levitas. Filho de Antonio Ribeiro e Elizabeth de Paula Ribeiro, desde
pequeno participou de grupos e atividades da Igreja Assembléia de Deus. É casado com Claudia Sousa e é pai de Renan Ribeiro.

Aos 8 anos já participava da banda da igreja e fazia parte do grupo
Infantil e do Ministério de Louvor quando começou a estudar violão.
Cursou Teologia no Seminário Peniel no Rio de Janeiro. Foi líder Jovem
e Professor da Escola Dominical e também presidente da AMEHFE
(Associação Missionária Evangelística Heróis da Fé). Hoje atua como Pr.
Presidente da Assembléia de Deus Ministério Kairos no Rio de Janeiro.
Ministra pelo Brasil e no Exterior e oferece palestras na área de
Administração Eclesiástica, uso da voz e postura no púlpito e como falar em público.

No campo profissional o Pr. Marco Ribeiro é ator, dublador além de
locutor.Iniciou sua carreira de ator aos 12 anos de idade. Em 1986
entrou para a empresa Herbert Richers como dublador. Neste mesmo ano trabalhou na Rádio Boas Novas AM e na Rádio Melodia FM como locutor. Em 1988 trabalhou também na Rádio Cidade FM no Rio de Janeiro como Locutor. Atuou também em peças Profissionais no teatro e como ator na televisão, na extinta Rede Manchete, depois foi contratado por cinco anos como ator da Rede Globo.

Atualmente ainda atua como dublador e diretor de dublagem em sua empresa,a Audio News que dubla programas como Os Simpsons, Projeto Zeta e Drake & Josh.

[editar] 2009

Se recusou a fazer a voz do ator Sean Penn no filme "Milk- A Voz da
Igualdade" "Não me sentia à vontade para fazer o filme", afirmou
Ribeiro, 38, que é também pastor evangélico. "Não tive vontade porque
tenho a voz envolvida com outras questões, assim como não faço
determinados comerciais." "Primeiro ele aceitou, depois viu o que era o
filme e achou melhor não fazer para não ter aborrecimento. Pediu-me mil
desculpas, expôs os pontos de vista dele", conta Marlene Costa, 55,
diretora de dublagem de "Milk", que substituiu Ribeiro pelo ator
Alexandre Moreno. "Não é que [Ribeiro] tenha algo contra homossexuais,
é que as pessoas ao seu redor confundem sua profissão de ator com o
lado religioso", afirma. Segundo Costa, Ribeiro sofreu acusações e
ataques de evangélicos por papéis violentos que interpretou. "Ele não
teve sossego, e desta vez as pessoas não entenderiam." Questionado pela
Folha, Ribeiro disse por e-mail: "Não tenho preconceito de nenhuma
espécie, até porque preconceito vai contra os princípios do evangelho
pregado por Jesus Cristo, evangelho este no qual creio e [o qual]
proclamo, que diz que não devemos julgar para não sermos julgados".

No site da Assembleia de Deus Ministério Kairos, templo no Rio do
qual é presidente, Ribeiro fala em ""famílias modernas" em que não há a
figura do pai ou da mãe, ou em que essas figuras são substituídas por
casais do mesmo sexo… isto não é modernidade, e sim uma distorção do
que Deus disse sobre o que deveria ser a família".

  1. Dublador de Sean Penn se recusa a dar voz a papel gay do ator no filme "Milk"

Sobre nunaina

seguendo davanti sempre
Esse post foi publicado em Sem categoria e marcado . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s