O Caminho das Pedras


De 13 a 17 de julho ocorreu o Festival de Artes no Atelier Livre e eu tive a oportunidade de participar como aluna nas oficinas de Hermes Bernardi Jr ( O Caminho das Pedras – o boneco de um livro infantil) e no curso sobre Ilustração de Livro para Crianças, com  Odilon Moraes, reconhecidos e premiados autores e ilustradores infantis, tema este bem discutido na ocasião. Este período para mim foi muito bom,de crescimento pessoal e cultural, claro, mas o mais importante foi sentir o calor humano ao nosso redor,mesmo com o frio  e chuva constante.A gente contou com o apoio da Maria do Bar do Lupi,com aquele chocolate e cafezinho,mais o caldo de ervilhas, bem quentinhos.

Bom, o prazer de fazer, produzir uma coisa que a gente gosta é muito gratificante e recompensador principalmente depois que a gente vê o resultado, aprecia, observa o que deve ser melhorado e quer continuar em frente!

Apresento aqui então o meu novo amigo e professor (peço a Deus que o cerque de paciência e perseverança) Hermes cuja minibio eu linkei de seu blog:

O autor

O autor

Escritor, contador de histórias e coordenador
regional da Associação de Escritores e Ilustradores de Literatura
Infantil e Juvenil. Resido em Porto Alegre. Doze livros infantis
publicados de 1998 a 2009. E outros ainda estão no prelo para
publicação no segundo semestre de 2009. Prêmio Tibicuera de Teatro na
categoria Melhor Dramaturgia, em 2006.







Uma novela infantil

Uma novela infantil

Um avião na vitrina. Galinhas ciscando no pátio.
Um menino desenha mapas. A cidade grande, sem pátio, sem galinhas. Um
computador. Outro menino. Mundos desconectados
.







Uma narrativa pontilhada

Uma narrativa pontilhada


Encontros marcados pelo acaso emaranham os fios
da vida de Pedro e Paulo, que recebem o maior dos presentes: a
descoberta do outro, de si mesmo e do mundo.







Um poema-brincadeira


Um poema-brincadeira



Um poema-brincadeira sobre o tanto e o tudo que alguém poderia guardar de lembrança numa pequena caixa de sapatos.







Um apólogo


Um apólogo



Quem na vida nunca se sentiu posto de aldo,
discriminado, não contemplado, só? Quem nunca se sentiu um botão usado,
abandonado numa gaveta?







Uma prosa poética


Uma prosa poética



Uma histórica fuga de história está para
acontecer, em um planeta opaco e distante. Lá, uma estranha criatura
entrega-se ao trabalho diário de regar frases num jardim..
.







Um diário

Um diário


Um tour poético pela capital dos gaúchos na visão de um menino em companhia da sua avó.







Uma narrativa pontilhada

Uma narrativa pontilhada


Luizinho vem e vai de tamanho, junto com suas
peripécias. Uma história poética, aberta, cheinha de curvas, por isso
mais perto da vida dos meninos e meninas, que não é, convenhâmos, nem
um pouco certinha.
…,,,,…..,,,,….

Claudia

Sobre nunaina

seguendo davanti sempre
Esse post foi publicado em Sem categoria e marcado . Guardar link permanente.

Uma resposta para O Caminho das Pedras

  1. Vania disse:

    amiga , obrigada pela linda mensagem,amei, me emocionei!teu space está sempre atualizado.Bom início de semana.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s